A musculação deveria ser uma prática segura, tendo em vista que a maioria de seus movimentos têm planos e eixos pré-definidos. É raro acontecer um macro trauma. Porém, isso não significa dizer que não haja riscos iminentes de lesão na musculação.

Por não existir padrão biomecânico definido em sua maioria de exercícios; muitas vezes, “a correta execução de movimento” vira terra de ninguém e é aí que mora o perigo.

Alguns exercícios parecem ser fáceis de serem executados. O Leg Press Horizontal é um deles. Todavia, ao final de cada fase concêntrica do movimento, é comum ocorrer a completa extensão dos joelhos.

Algumas estruturas freiam este movimento. Normalmente a cápsula condiliana é quem exerce esse papel. Estruturas ligamentares também podem limitar esta extensão completa.

Mas será que isso é saudável?

Anatomicamente, a extensão do joelho deve permitir o alinhamento da tíbia e do fêmur até a posição reta – baseando-se pela linha média e eixo látero-lateral. Toda e qualquer extensão além dessa referência, caracteriza-se por uma hiperextensão de joelhos.

Nessa posição, (totalmente estendida) há um torque externo (extensor) produzido pela gravidade. Isto facilita o travamento dos joelhos de tal forma, que você pode até desativar a ação do quadríceps por um mecanismo chamado travamento. Nesse ponto, o LCA está sob forte tensão.

O vídeo a seguir, alerta os riscos existentes e as sérias consequências que podem causar a falta de informação.
Vale muito a pena conferir.

Nesse outro vídeo, mais um exemplo de lesão grave, que poderia ter sido evitada com orientação adequada de um profissional qualificado.

E não esqueça de compartilhar! Seus amigos vão gostar de se informar também!

Artigos Científicos GRÁTIS!

 

QUER RECEBER ARTIGOS CIENTÍFICOS GRATUITAMENTE TODA SEMANA?

É SIMPLES! BASTA SE CADASTRAR EM NOSSA LISTA. 

Muito obrigado por assinar a lista da HighFit!
Acabamos de enviar uma mensagem para você com o primeiro artigo científico.
Bons estudos!

Pin It on Pinterest

Share This