Hoje vou falar sobre a influência do alongamento e o aquecimento na performance muscular.

Por que que eu estou abordando esse assunto? Porque até hoje, este ainda é um assunto muito controverso, muito polêmico, que gera muitas dúvidas na hora do personal trainer prescrever o treinamento. O profissional fica sem saber se prescreve alongamento, se prescreve só aquecimento ou se junta os dois. Se faz antes da musculação. Se faz depois da musculação. Ainda é um assunto que gera muitas dúvidas.

Por isso, eu trouxe aqui um artigo da Naryana Mascarin, que fala sobre esse assunto, ou seja, qual a influência de se fazer um
alongamento e  qual a influência de se utilizar o aquecimento na performance muscular. Esse artigo é de 2015 e, já de início, os autores falam que diversas investigações, estudos e pesquisas têm sugerido que o alongamento estático reduz a performance muscular quando realizado antes do exercício.

No entanto, ainda é desconhecido se o aquecimento dinâmico pode minimizar os efeitos deletérios do alongamento estático antes do exercício na performance muscular.

O objetivo deste estudo foi avaliar e os efeitos de um programa de alongamento estático, um programa de aquecimento dinâmico ou ambos juntos na performance muscular. E para tanto, avaliou o arremesso de bola no movimento do handebol.

O estudo envolveu 21 mulheres altamente treinadas, atletas de handebol, todas jovens, saudáveis obviamente.
As mulheres, atletas de handebol, treinavam quatro vezes por semana (no período prévio de dois anos) e cada sessão de treinamento com pelo menos duas horas de duração.

Foram 3 intervenções:

  • A: o alongamento estático antes da execução do arremesso.
  • B: o aquecimento dinâmico antes da execução do arremesso
  • C: o alongamento estático mais o aquecimento dinâmico antes de se realizar o arremesso.

 

Esses procedimentos eram feitos em dias não consecutivos, dentro de uma semana. A amplitude de movimento foi avaliada para garantir a efetividade do alongamento estático. E após a intervenção A, B ou C, foram feitos os testes de arremesso com a bola de Medicine Ball e com a bola de handebol.

 

Resultados

Obviamente, como era esperado, os movimentos de rotação interna e rotação externa aumentaram. A amplitude de movimento foi melhorada de forma aguda. Portanto, a técnica de alongamento estático foi efetiva.

O estudo mostra que tanto para a rotação interna, quanto para a rotação externa, o alongamento aumentou significativamente a amplitude de movimento.

No entanto, também mostra que o alongamento estático prejudicou a performance do arremesso. E que o aquecimento, realizado em conjunto com o alongamento estático, alterou a performance.

O que isso quer dizer? Quer dizer que o aquecimento dinâmico diminuiu a interferência negativa do alongamento estático na
performance do arremesso. Olha isso!

Culturalmente, existem muitos profissionais e muitas pessoas que não deixam de se alongar antes de executar um movimento, um exercício de força, de potência. Isso é cultural. Se isso permanecer ainda como uma forma cultural, você deve fazer o aquecimento dinâmico após esse alongamento estático. Por que? Porque o aquecimento dinâmico diminui a interferência negativa do alongamento estático na performance muscular.

Muito interessante, não é?

 

Discussão do Estudo

Os exercícios de alongamento estático são tradicionalmente recomendados antes da execução de um exercício, de um movimento. No entanto, pesquisas muito recentes falando sobre essa prática têm demonstrado que ele é prejudicial para a
performance. Tem efeito deletério na performance muscular. Dessa forma, é importante determinar se a associação do
aquecimento dinâmico junto com um alongamento estático pode ser benéfico para a performance.

Foi isso exatamente que o estudo acaba sugerindo, ou seja, mostrou que a interferência negativa do alongamento estática é minimizada quando você faz um alongamento estático e depois faz o aquecimento dinâmico.

E que quando é feito apenas o alongamento estático, ele é extremamente prejudicial para a performance muscular.

Quais são as aplicações práticas?  Os resultados desse estudo podem sugerir o quê? Que exista um impacto positivo do
aquecimento dinâmico com relação ao alongamento estático. Ou seja, que esse aquecimento dinâmico pode minimizar
os efeitos negativos do alongamento estático.

Então se você profissional, ou seu aluno, não deixa de maneira alguma de fazer o alongamento estático porque é
cultural. Acha que previne lesão, embora não exista evidência na literatura, mas acredita que é benéfico para a
performance, ou seja lá o que for, faça após esse alongamento estático o aquecimento dinâmico, para minimizar
os efeitos deletérios do alongamento estático na performance muscular.

Se você quer informação científica, se você quer encontrar a luz da ciência, se você busca conhecimento sólido, teórico, científico, conheça nossos cursos.

Temos inúmeros cursos de atualização que podem, com certeza, contribuir e agregar valor à sua prestação de serviço.

A HighFit é uma empresa voltada para profissionais. Ela não é voltada para o público leigo. Se você quer a informação sólida, técnica, teórica, científica, baseada em evidências científicas aqui é o seu lugar.

Aos amigos tudo, aos inimigos a leitura. Não sou polêmico, sou autêntico, porém tolerante como o Saraiva.

Um forte abraço e até o próximo artigo.

Obrigado!

E não esqueça de compartilhar! Seus amigos vão gostar de se informar também!

Artigos Científicos GRÁTIS!

 

QUER RECEBER ARTIGOS CIENTÍFICOS GRATUITAMENTE TODA SEMANA?

É SIMPLES! BASTA SE CADASTRAR EM NOSSA LISTA. 

Muito obrigado por assinar a lista da HighFit!
Acabamos de enviar uma mensagem para você com o primeiro artigo científico.
Bons estudos!

Pin It on Pinterest

Share This